sexta-feira, 11 de março de 2011

Quando ela cai no sofá,

so far away.
 
 
Acabo de descobrir que, quando esquecemos tudo o que pode dar errado, cabemos muito bem nos limites da tão pequena palavra "nós" e merecemos que essa palavra tenha por significado a soma do meu eu apaixonado com esse seu você tão encantador. Já faz um tempo que descobri onde quero estar: dentro dos teus braços que numa noite, em sonho, se abriram para mim e se permitiram ser levados para longe. Quero estar com você todos os dias e um dia a mais para não ter que morrer de saudade. Quero o seu sorriso inspirando a minha poesia e você compondo dentro do meu abraço, nossas palavras preenchendo  os espaços que uma vez ousaram aparecer entre nós. Quero você por todos os amanheceres, deitada no sofá da sala, pequena e sonhadora demais para um mundo que não sabe lidar com um coração como o seu. Quero eu, como diz naquela canção, aprender com o seu pequeno grande coração, decorar todas as notas que o fazem vibrar, saber e nunca mais te deixar esquecer que o espaço sobrando naquele sofá é do tamanho exato do meu corpo - e o espaço sobrando no teu coração, é do tamanho exato do meu amor.
Ter você deitada no meu sofá faz parecer inútil o mundo lá fora, como se nada mais existisse além dos limites dessa sala que parece ter sido feita pra te abrigar. Era você a peça que faltava. Era você o que o meu coração procurava encontrar quando batia sem ritmo pelas ruas. Foi sempre você. E, de alguma forma, fui sempre eu, ainda que você não reconheça. Fomos sempre nós e, ainda que você se refugie num "tarde demais" já decorado, eu sei que ainda há tempo. Esse tempo que você perde com aqueles que não podem entender tanto sentimento e fazem pouco caso do seu coração. Um coração como o seu, meu bem, não merece estar assim à mercê desses sentimentos fugazes que tanto te fazem sofrer. Com você eu almejaria a eternidade e ainda assim não seria o suficiente pra viver todos os sonhos que afloram em mim quando, como hoje, te tenho só para mim.Quando te vejo tão pequena, tão desprotegida, tão dependente de mim, do meu abraço protetor, dos meus conselhos que sempre caem na mesma tecla: o quanto você é especial demais pros caras lá fora. Você sempre sorri quando o digo e finge não acreditar, quando na verdade você bem sabe que todos eles só servem para ocupar suas horas enquanto o tal cara não chega.
O seu cara já chegou, meu bem, ele abriu a porta pra você ontem a noite, te abraçou quando você entrou chorando, contou piadas pra te ver sorrir, passou a noite acordado pra te ver dormir no seu sofá, descobrindo sentimentos que estiveram ali o tempo todo. O seu cara tá aqui, meu bem, esperando a hora em que você reconhecerá baixinho pra si mesma, que o amor sempre esteve ao seu lado. Nesse dia, quando você acordar para essa realidade, eu estarei como hoje, sentado num sofá, com sua cabeça em meu colo, bolando planos pra nós dois e sussurrando enquanto mexo nos seus cabelos que te amo. Mais do que qualquer um lá fora e muito mais do que já amei alguém.
Foi você o tempo todo, meu bem. Foi você todas as vezes em que sorri sem motivo aparente. Foi você todas as canções que ouvi e desejei dedicá-las. Foi você todos os sonhos, todos os planos, todas as lágrimas. Foi você todas as declarações ensaiadas em frente ao espelho, reservadas pra quando fosse a hora de dizer que é você o meu grande amor. Foi você toda - e única - presença desejada. Foi você todas as manhãs e as tardes e as noites de todos aqueles anos. Foi, e tem sido, você, todo o sentido que há dentro dos limites da palavra amor.
Enquanto você se perde em outras vidas, eu me perco na tua. Em cada dobrinha do teu sorriso, em cada piscada que teus olhos dão, em cada palavra que você tão puramente coloca num papel. Desejo, mais do que a mim próprio, que você seja feliz, mas desejo, mais do que qualquer outra coisa, que a sua felicidade um dia possa ser encontrada em mim. Nesse sofá que te abriga, nessas mãos que te afagam, nessa boca que diz que tudo vai ficar bem. Tudo vai ficar bem se você estiver aqui, minha.
Tenho vontade de te acordar e te contar todas essas coisas, mas tenho medo de te assustar e acabar te perdendo. Te deixo assim então, deitada num sofá que foi feito pra te receber, numa casa que só ganhou cor quando  você chegou, longe de qualquer outro que possa tentar roubar o teu coração. Longe de tudo, isolados do mundo, só nós dois.
Não vai embora daqui, eu digo baixinho no seu ouvido que dorme. Não vou, você diz ainda de olhos fechados, no meu ouvido que não dormia, mas certamente sonhava.

*Título: Por que não eu? - Leoni

13 comentários:

Luiza disse...

moça linda, que palavras belas. adoro quando você toma o lugar do cara nos textos, até tenho esperanças, essas safadinhas. já te disse que eu fico esperando você ler meus textos, ansiosa com o que você vai achar, acho que escrevo um pouco pra ti também. que texto lindo moça, você tem talento pra deixar as coisas belas e me fazer sorrir. tem talento pra inflar meu coração com a mais boba das esperanças. obrigada, parabéns. um beijo

Ariana disse...

Nicole, sem dúvidas esse se tornou o meu texto preferido seu.
Texto mais que perfeito, me trouxe algumas lembranças, me fez sonhar, ter esperança.
Muito criativa tu és de conseguir escrever como se fosse o moço da história, enfim amei e sinceramente nem sei mais o que comentar. Tu me deixou sem palavras.

Beijos

Naia Mello disse...

Isso mesmo, quem ama cuida e cumpre as promessas!

Bell Souza disse...

Ah pequena, eu tbm sou das que o braço do amado [é o melhor lugar.

Yohana SanFer disse...

Moça das belas palavras, você fica orgulhosa de ser mulher ao ler o meu texto e eu fico orgulhosa de ser leitora de uma moça tão talentosa!
Seus textos me fascinem! Adorei ler este repleto de sentimento puro, intenso de quem espera o amor acontecer na hora certa! Parabens, sempre! bjs

Jaci Macedo disse...

Menina, que texto incrível. Fiquei tocada com tuas palavras.

"Quando te vejo tão pequena, tão desprotegida, tão dependente de mim, do meu abraço protetor, dos meus conselhos que sempre caem na mesma tecla: o quanto você é especial demais pros caras lá fora. Você sempre sorri quando o digo e finge não acreditar, quando na verdade você bem sabe que todos eles só servem para ocupar suas horas enquanto o tal cara não chega."

Às vezes a gente fica tão presa numa crença de que vamos encontrar alguém para amar lá fora que esquecemos que ele pode estar logo ali, no sofá. Nunca é tarde para dizer, para sentir, para se descobrir. O amor faz milagres, ele move nossas vidas.

beijos, coração :]

Bárbara disse...

Melhor ainda do que escrever, é sentir.. não é ?
É tão bom encontrar pessoas sensíveis em nosso cotidiano, ainda mais 'acessíveis' rs
Beijos lindaa

Anny Caroline Lopes. disse...

Não podia sair daqui sem está seguindo e comentando seu blog. Simplesmente perfeito ! Você escreve lindamente, teus textos são apaixonantes.
Eu virei aqui mais vezes, e sei que deve ser muito ocupada, pois tem muitos seguidores.
Mas peço que dê uma passada no meu blog, comecei agora e tenho escrevido umas bobagens.
Beijos queridas, parabéns !

Baaah disse...

Eu ainda não descobri o seu segredo.Mas meu lado romântico e meigo certamente aflora aqui, renasce, desperta e ganha força nas tuas palavras...nas tuas declarações...nos teus contos...E sabe o que me parece?Me parece que essas foram palavras dedicadas a você e não o inverso.Mas seja lá o que quer que seja são lindas.Sempre lindas e tocantes.Palavras de uma alma pura e um coração sonhador...como essas poucas hão sde ser encontradas por aí, menina.Sabes que tens sorte então aproveite.;)
Teu dom é tão nítido que chega arrepiar.*_*_*

Repito e repetirei sempre: é SEMPRE bom estar de volta.
;)
Beijãooo!

Baaah disse...

Ps.:Te adicionei no facebook.
Espero que não se importe.
=))

Súu disse...

"Enquanto você se perde em outras vidas, eu me perco na tua."

Esse texto foi tão perfeito, fiquei sorrindo o tempo todo enquanto lia. Adorei-o muito. Parabéns!

Quézinha disse...

Tenho muito orgulho de você amiga! Pra sempre! :)

Quézinha disse...

Um arraso, amei o texto! Está de parabéns amiga! :)

poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...