terça-feira, 22 de março de 2011

Horizonte distante.


Eu sei que é tarde, tarde pra ligar e tarde pra dizer, mas se você pudesse me ver agora, entenderia não só essa ligação repentina, mas também todo o emaranhado de coisas que passam pela minha cabeça, enquanto, sentada no meio da avenida, sigo com os olhos as luzes dos carros e me pergunto se pra onde eles estão indo existe um pôr-do-sol, uma razão pra sonhar, um canto pra repousar o meu amor. Vim parar aqui depois de ter saído correndo enquanto mais um daqueles caras comuns se levantou pra ir ao banheiro. Conversas banais demais, nenhum encantamento, nenhuma cócega no meu coração, tem sido assim com todos eles. Me disseram uma vez aquela coisa sobre os peixes que ainda existem no oceano, e eu, sedenta por qualquer coisa que se assemelhasse com uma luz no fim desse túnel terrível, me coloquei a pescá-los, a dar chances, aceitar convites, vestir sorrisos falsos e me convencer até se tornarem reais. Mas hoje não deu. Os caras vêm e vão e essa angústia continua. Mando-os embora todas as vezes com um clichê ensaiado na ponta da língua -" O problema não é você, sou eu" - e essa é a maior verdade que eu tenho pra dizê-los. O problema sou sempre eu e esse meu coração sonhador. E se eu te disser que me sinto especialzinha demais pra eles? que esse meu coração aqui é pesado demais pra eles carregarem com aquelas mãos acostumadas a produtos brutos? Meu coração foi lapidado a base de muita lágrima e muito sonho pra ser entregue assim, a qualquer sorriso bonito que surja ao me ver. Por isso fugi hoje: caiu a ficha.
Cansei desses amores pela metade, dessa falta de graça e de encantamento. Esse coração aqui quer sentir novamente, qualquer coisa diferente desse torpor, que renda algumas palavras bem escritas, alguns sorrisos tímidos ao lembrar. Por isso liguei, lembrei que só você consegue, que as palavras surgem ao te ver e que os sorrisos congelam quanto te têm por perto. Ando cansada de deixar esse amor trancado num cofre até que lá na frente um ladrão o sequestre ou você digite a senha e me leve de volta para o nosso lugar. Quero sentí-lo logo, encontrar sentido na minha luta por ele, ter motivo pra escrever ao sentí-lo pulsando dentro de mim. Estou sedenta por sentir, já que sem ti nada me encantou.
Então vem me buscar, amor, tô perto daquela esquina em que nos esbarramos pela primeira vez, logo depois da praça onde nos beijamos naquele dia chuvoso, ao lado do ponto de ônibus onde me despedi de você naquela vez que a gente não sabia que seria a última. Eu sei que já faz tempo, mas vem. Traz de novo teu sorriso, teu abraço, aquela nossa canção. Vamos lutar contra o resto do mundo, deixa que não entendam, que busquem sentido onde nunca houve. Somos só nós dois, um amor mútuo e a vontade de ser maior. Não precisa haver sentido. Vem me buscar, no caminho a gente decide pra onde ir, a gente molda nossos sonhos e adequa o teu eu ao meu, numa soma infinita, como o ponto pra onde nossas retas correm pra se encontrar: o sem fim. Vem me buscar, vamos juntos pro horizonte distante, pra onde se dirigem todos esses carros e todas essas luzes, que agora me disseram ser a felicidade. Porque esse lugar, amor, só é completo se for com você.
"Avante
A gente quer ver
Horizonte distante."
(Los Hermanos)

15 comentários:

Aline disse...

Teu blog é muito bonitO!
Parabéns.

Thaiany Almeida disse...

Confesso que textos longos demais em cansam, mas não sei porque algo me atraiu e começei a lê-lo e devorá-lo, amei, devo ate citar que me identifiquei com quase tudo!
Escreve muitíssimo bem!

Luiza disse...

Tu tens o dom, sabia? De emocionar e alegrar com as suas palavras, faça uso delas, sempre. Seja em algum recado, ou pensamento bobo, o que você compõe com palavras, fica lindo, de verdade. Vou lendo seus textos cheios de encanto, cheio de amor, de verdades, de coisas que a gente passa e estão aí, sutis nas tuas palavras, de uma forma simples, que só quem sente, consegue interpretar. Acho que você tem muita inspiração e por teus textos terem sempre um sentimento e uma esperança, gosto muito deles. Um beijão, amiga.

Letícia Silva disse...

devo confessar-te que estou admirada com a forma com que tu passou tanto amor e tanta verdade neste texto. cada linha mais linda que a outra. sabe, eu me sinto assim e ao mesmo tempo não, acho que ainda estou tentando encontrar nos tantos outros ''peixes do oceano'' alguém que me faça sentir como já me senti antes. deve ser por isso que esse seu texto me caiu como uma luva. seguindo pois além de seu texto ser uma doçura o seu blog é uma graça. um beijo querida *.*

Dona Cor disse...

"Vamos lutar contra o resto do mundo, deixa que não entendam, que busquem sentido onde nunca houve." E que não haja sentindo explicavel quando os corações conseguem encontrar seu verdadeiro sentido.

Tainara F. disse...

Que texto mais lindo!
Ele realmente me emocionou!
Meus parabéns, adorei *-*'

Rebeca. disse...

E então, você acertou em cheio. Outra vez. Como se não fosse de se esperar. Admiro a ponta de seus dedos e a essência de seu coração.

@juusep disse...

Uma escrita perfeita, sentimental, lindo. Pena que o texto não explora a fotografia :\ Lindo texto! Beijo

Jennyfer Bianca disse...

' Seu pedaço do meu texto ja está Creditado. beijos (:

Yohana SanFer disse...

Uma declaração! Emocionante, Nicole! Um daqueles textos que contagiam e emocionam! Se recebo seus elogios, faço os meus pra ti tb! Não como simples recíproca mas porque merece! Admiro tua escrita viu?!
Bjs moça! Continue assim!

Emi disse...

Meu Deus, Nic, é sempre um 'aguenta, coração!' quando venho aqui. Texto lindo, daqueles que a gente entende e sente perfeitamente cada linha, porque nelas estão um pedaço de nós, de algo que já vivemos ou ainda vive aqui dentro. Quando uma pessoa amada não está ao nosso lado, pode aparecer o príncipe dos príncipes, mas não adianta. O amor é assim, doído quando distante, cheio de marra às vezes.
Fico sem palavras ao ler seus textos. Você não tem ideia do quanto eles me tocam.
Beijos, querida!
Fica com Deus sempre!

fatoSempalavras disse...

''por onde eu devo ir...
a vida vai seguir'' (los hermanos - o pouco que sobrou)

que a vida te leve por caminhos tão amorosos qnt suas belas e sábias palavras.

que o horizonte se torne cada vez mais distante se não for pra te trazer alegrias.

quando o coração - esse bendito (rs) - encontra a razão dele, ng pode se meter...se torna em vão qlqr palavra.

esse coração aí merece, antes de td, mt respeito, pois, cada dia mais vemos ''em falta no mercado'' pessoas aptas a dar e receber carinho,atenção,amor,cumplicidade....como vc!

forte abraço.

Carlo Lagos.

Camila disse...

Vá atrás, não espere.

Amanda Arrais disse...

Tô sentindo falta das tuas palavras, viu, moça do sonho? Passo sempre aqui, mesmo quando não comento.

=*

Ariana disse...

"Vamos lutar contra o resto do mundo, deixa que não entendam, que busquem sentido onde nunca houve."

E vale a pena lutar mesmo quando se trata de amor.
Vale tudo pra ser feliz, e tu com esse coração enorme merece uma pessoa incrivel ao seu lado te fazendo feliz.

Beijos

poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...