quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Você é forte, moça.


Levanta, moça, sacode a poeira, tira o luto e vem pra dança. Não deixa aquele sonho tão bonito virar pesadelo. Não deixa as lágrimas continuarem a borrar a beleza do que você é. Não deixa essa saudade te impedir de andar pra frente, ao contrário, faça dela o teu combustível. Afinal, se é no futuro que reside a esperança de que a saudade enfim seja largada nos braços do amor, siga com toda a sua força até ele. O fim não pode ser o seu fim. Você fez o que estava ao seu alcance. Lutou, mostrou, insistiu. Recomponha-se agora. Não chore por não ter alcançado o seu objetivo, o que importa na vida é a coragem que se tem pra arriscar. Você arriscou, moça, o quanto pôde, arriscou seus sonhos, sua sanidade, seu orgulho. Gritou aos ventos, anunciou em toda esquina, o deixou saber, agora retire-se e cuide de ti. Cuide desse coração que insiste em bater, desses olhos marejados, desse corpo cansado. Cuida desse caminho enorme que você precisará percorrer sozinha. E não pense que será impossível, olhe para você e descubra a força que há escondida por trás desses olhos com medo de se entregar, desse sorriso que disfarça toda sua dor, dessas mãos que levantam e escrevem histórias. Vai, moça, o mundo há de ser seu e de todos esses sonhos guardados no fundo falso da gaveta. Não deixe que um coração partido a faça desacreditar em finais felizes, ou que as nuvens te façam duvidar se o sol realmente está ali. Ele está. Se não for possível vê-lo e isso te assustar, o rabisque no céu com suas próprias mãos. O invente e se reinvente sempre que a vida exigir isso de ti. Não desista, moça, durante todo o percurso repita para si mesma: não desistirei. Um dia você encontrará um porto. Um coração como o teu, um amor maior, uma razão oculta nessa dor que hoje samba no teu peito. Reme teu barco e o leve para águas tranquilas, sem medo de se afastar demais do lugar onde estava. Aquele barco que um dia navegou junto ao teu, te encontrará onde estiveres se assim tiver que ser. Prossiga. Escreva, grite, chore, mas sem parar, faça tudo isso andando sempre em frente. Sinta saudade, mas siga sem medo. Faça tudo sabendo que os riscos estão sempre a beira do caminho. Navegue por águas mansas sabendo que a tempestade pelo menos uma vez se anunciará. Cultive um jardim sabendo que as pragas precisarão ser vencidas. Ame sabendo que corre o risco de sobrar sozinha com o coração na mão. Só não desista. Você é forte, moça. E se suportou tudo isso até aqui, você consegue ir muito além. Eu acredito em você, acredite também. Talvez seja isso o que falta: você olhar no espelho e ver alguém que pode ser o que quiser. Acredite, você é forte, moça. Lágrimas não são sinônimo de fraqueza, desistência sim. Mas você não vai desistir, moça do sonho, você é forte.

13 comentários:

Luiza disse...

AMEI MOÇA! não esperava nada menos de você, que vai levantar a poeira, arrumar um amor pra compor outras melodias e textos maravilhosos e incríveis, cheios dessa tua doçura. e sabe, a gente pode terminar com o coração na mão, mas é porque fomos valentes o suficiente para deixá-lo em evidencia, para dar um pedaço dele para alguém. e se ele já sabe do seu amor e mesmo assim, não deu, tudo bem, eu ainda acho que quem sai perdendo é ele. pois desse seu coração fantástico, deveria se sentir honrado quem faz parte. beijão moça, ficou fabuloso :)

Brenda Quintino, disse...

Tem selo pra você no meu blog: http://nadaconclusiva.blogspot.com/2011/01/selo.html Adoro teus textos! Beijos.

Jaci Macedo disse...

Pois é, moça: viver é um eterno caminho com volta.

beijos, coração.

Maiara :) disse...

Gostei muito de ter lido isso aqui. Continuar é preciso, apesar de todos os pesares.
E parabéns, você sabe como moldar as palavras, sabe como revigorá-las. Gostei desse teu espaço, estarei aqui sempre que puder.

Beijos.

Ives disse...

Confiança na força é td, abraços

Helen Karoline disse...

Mais perfeito impossível, né moça?
Tá tudo tão lindo aqui, adorei o novo visual do blog *-*
Beijos Nic e até o próximo texto haha :*

@juusep disse...

DEVEMOS SER FORTES.

Giovanna disse...

Todos somos fortes, apenas precisamos descobrir aonde e como nossa maior força é ressaltada




@giovannamoser_

Amanda Arrais disse...

Acho que todas as moças do mundo deveriam ver isso que tu escreveste, pois muitas delas se perdem em amores e esquecem desses conselhos que nem deveríamos precisar ler ou ouvir, mas deveríamos saber. Cada uma deve falar com seu eu interno, mas já que muitas não sabem, essas tuas palavras são uma solução mais que exata.
Texto maravilhoso!

=*

.Paloma. Abençoada por Deus e meus guias, protegida por Eles... disse...

PERFEITO, COMO TUDO QUE TU ESCREVE MOÇA!
CONTINUE ASSIM... NÃO DESISTA NUNCA, PRINCIPALMENTE DE SER FELIZ!
TÁ LINDO O BLOG ASSIM...
BEIJOS

Amanda Menezes disse...

Indiquei você pra um desafio. :) Espero que goste.

Ariana disse...

"Prossiga. Escreva, grite, chore, mas sem parar, faça tudo isso andando sempre em frente. "

Sempre temos que olhar pra frente ne, deixar o passado pra trás!
Sempre precisamos buscar essa força dentro da gente ate encontra-la!

Esse texto entrou pra lista dos meus favoritos!

Beijos

Yohana SanFer disse...

Oh my God! Vou fingir que vc me conhece e que pra acalmar meu coração, escreveu isso pra mim, pq é incrível, td que eu precisava ler e sentir...sou cada vez mais fã de seus escritos menina! Parabéns pelo talento!

poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...