sábado, 1 de janeiro de 2011

Virada.


O relógio ameaça completar a volta, os fogos lá fora avisam que os passos do tão esperado convidado já podem ser ouvidos, cada vez mais próximos, do corredor. A música fala alguma coisa sobre virada, sobre sonhos que foram esquecidos saírem da gaveta, sobre o silêncio que agora virou festa. O meu coração pula com cada acorde, minha garganta grita cada palavra, minha mente decora toda a letra para mais tarde lembrar do sentimento de hoje: virada. É isso, a palavra chave que é tão anunciada na tv, mas que eu nunca parei pra observar dessa forma, afinal, o ano vira e eu? continuo aqui no meu lugar cômodo ou viro com ele e transformo tudo a minha volta? Segunda opção, por favor. Virei com o ano. Dentro de mim houve um Reveillon particular, os fogos foram batidas do meu coração expectante, a companhia, meus sonhos - sentados na primeira fileira esperando a hora de serem chamados, um a um, para subirem ao palco. Virei. Me desejem junto ao feliz ano novo, feliz eu novo. Tudo o que vivi em 2010 me conduziu para esse estado de mim, é nessas horas que a gente vê que no fim tudo vira aprendizado mesmo. O que eu mais aprendi? a lidar com separações e tirar algo bom delas - mesmo que só a longo prazo.
Em 2010 perdi minha avó, mas aprendi a conviver com meu avô. Me despedi do colégio, para descobrir que tudo na vida é apenas uma estação e nós uma bagagem enorme que abriga um pouco de cada lugar e cada pessoa. Mas bagagens precisam ser esvaziadas. Em 2010 me esvaziei de gente que um dia foi importante para mim, amizades que me acompanharam enquanto eu crescia, mas que agora não me serviam mais. Não foram regadas e murcharam, aprendi a regar tudo o que é essencial. Aprendi a reconhecer o essencial e a tê-lo sempre por perto. Me afastei de alguns para me aproximar de gente que esteve ali o tempo todo e minha bagagem cheia não era capaz de carregar. O ano 10 me trouxe perdas irreparáveis, mas me mostrou que o que é de verdade e forte, isso não se perde jamais. Quando eu pensei em desacreditar em algumas amizades, apareceram aquelas que sobrevivem ao silêncio e a distância e que servem de exemplo sempre que penso em desacreditar. Entre perdas e separações, descobri que o "Para Sempre" existe sim, não importa o que digam. Em 2010, conheci o amor. Fui ao céu e ao inferno por ele. Mas sabe quando tudo serve pra te trazer a certeza do que você quer? eu descobri: quero ele. Apesar de.
De repente os fogos anunciam: o convidado chegou. Viramos.Virei. Virei o que eu queria ser e o medo e os olhares alheios me impediram. Revirei minha gaveta e coloquei meus sonhos onde eu posso ver. Do silêncio eu não lembro mais, das lágrimas só o que aprendi. Minha bagagem revirada pelas separações de um ano passado impiedoso, carrega apenas o essencial, nada além de estrelas, um tripé que nunca me deixa, alguns rostos conhecidos há tempo e um espaço reservado para aquele que ainda tem a maioria absoluta do meu coração. Não acho que o clichê "Ano Novo, Vida Nova", remeta a abandonar tudo o que passou, acredito que seja carregar contigo o que foi bom e adequar isso tudo ao novo. Adequarei um a um, ao meu novo eu, ao meu novo estar dentro de mim. Tenho uma esperança inesgotável de que tudo se arrumará, de que esse ano fará bem, será bom, regado de música boa, amigos e sonhos que saíram do papel. Mas hoje, enquanto é apenas o primeiro dia do ano que andará comigo por tanto tempo, eu tiro do papel a ideia da virada. Trago para a vida sem medo. Virada. 
Dois mil e dez virou dois mil e onze, eu virei tudo o que o ano passado me ensinou. Tô pronta para viajar por todo o céu do novo ano e descobrir o que há reservado para mim. Não importa a turbulência ou a tempestade que a vida trará. Estou pronta. Dois mil e dez me preparou. Dois mil e onze é o futuro e já disseram por aí que o futuro já começou. É agora. 2011. Ano Novo. Eu Novo. Sonhos, devorem-me.

"Então, que seja doce."
(Caio Fernando Abreu)


____

Jurei pra mim mesma não escrever nada assim, mas foi mais forte. Como diria Clarice: "Eu sou mais forte do que eu". 
Feliz Ano Novo para cada um de vocês que de alguma forma me acompanham e me acompanharam por todo esse ano, continuem aqui que eu continuo aí com vocês.
Muito amor, felicidade, paz, sucesso e sonhos realizados.

10 comentários:

BLOG DO PROFEX disse...

Intenções fortes para 2011 merece um texto forte. Parabéns pelo blog. Um 2011 de Cinema pra todos nós!

''Tay' disse...

Belo texto ^^ adorei
que 2011 seja um ano de realizações para você ^^

bjus =*

''Tay' disse...

Tem umas coisinhas para vce no meu blog.
http://fractionsfrommylife.blogspot.com/2011/01/selinhos.html

bjus =*

Milena' disse...

"o que vivi em 2010 me conduziu para esse estado de mim"
Acho que posso compartilhar dessa frase. O ano 10, como você chamou, foi bem intenso nos aprendizados, nas dúvidas, nas despedidas. Agora é hora de dizer olá ao novo. Espero que o seu novo seja mais incrível do que qualquer sonho, você merece.
By the way, eu que deivia ter vergonha de comentar aqui. Seus textos são tão cheios de emoção que eu devia me contentar em lê-los.
:* e o melhor ano de todos pra você.

Will Lukazi disse...

Bem, parece que vc é uma máquina de reflexão. Sinal de que 2011 tem td para agradar os teus sentidos...e é isto que lhe desejo...um grande abraço , feliz 2011 e parabéns pelo post e pelo Blog....

Luiza disse...

A-D-O-R-E-I!
sabe, eu acredito no pra sempre. o que é real, dura pra sempre. o verdadeiro fica, apesar de tudo. pelo visto, 2010 ensinou a nós duas. adorei a forma como você usou a virada de ano. foi muito criativo. adoro o seu crescimento, a forma como você vai escrevendo, eu sinto que é interno, é algo que os dedos vão soltando. fica muito bonito sempre. já nem sei mais o que comentar pra ti. mas tu és especial. um beijo, obrigada pelo carinho e um 2011 iluminado pra ti.
p.s: você o quer, apesar de. então, que ele também a queira, mais que.

dear sarah disse...

Ai ai ai, que seja muito doce e diferente...
que você tenha um ano espetacular.

bjs flor!

Adrielly Soares disse...

Eu nunca estou preparada pra mudanças.
Mas esperei tanto 2011 e depois, sentimento de que tudo é o mesmo.
Como retuitei no hoje: Até que ponto você está disposto a deixar 2011 ser realmente um ANO NOVO?


Beijo Beijo

Yohana d'Arc disse...

Vim conhecer seu espaço e me encantei com seus escritos...

..."sonhos" sempre eles nos levando a escrever as coisas mais lindas!
Parabens menina!

Karine Melo disse...

Belíssimo e entusiasmante!!

um beijo ;*

poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...