segunda-feira, 10 de maio de 2010

Sobre tripés, amigos e saudade.

Lembro de ter ouvido uma vez que um tripé oferece um equilíbrio máximo e com ele é quase impossível que o que esteja apoiado caia. O vento bate, dá uma balançada, mas não cai. É assim que eu me sinto ao olhar pra vocês, meus amigos, meus caras, minha maior saudade. Vocês são o meu tripé. Toda vez que o vento sopra forte demais e quase perco o equilíbrio vocês aparecem, pra me lembrar de coisas que eu nem lembrava mais. São vocês que me fazem acreditar que amizade a distância existe, que o sempre é a gente quem faz e que eu tenho vocês de verdade. Toda vez que o barco quase afunda, eu quase caio e o equilíbrio ameaça ir embora, chega um recado, a janelinha pisca, surge um emoticon sorrindo na minha tela. Vocês me salvam. E me lembram que a nossa amizade vale muito mais do que um dia imaginamos. A saudade vem, o esquecimento tenta tomar conta, mas o amor que eu tenho por vocês não os deixa ir nunca. Disseram por aí uma vez que a saudade é a maior prova de que o passado valeu a pena, e quer saber? é isso mesmo. Valeu cada milésimo de segundo com vocês. Dá vontade de ter aproveitado mais, de ter gritado pra cada um de vocês o quanto o amor que tem aqui dentro é grande, de não ter desgrudado nunca. Dá vontade de ter abraçado mais, conversado mais, conhecido mais. Mas ainda temos tempo. Temos todo tempo do mundo. Enquanto o amor existir aqui, a saudade vai ser só um ingrediente a mais. Enquanto houver vocês em qualquer canto do mundo pra me lembrar vez ou outra que eu ainda existo em vocês, eu me equilibrarei aqui. Enquanto houver um emoticon sorrindo, uma janelinha piscando, um 'tudo bem?' nos meus recados, eu não caio. Eu me mantenho firme porque o tripé que vocês construíram em mim é indestrutível. Haja o que houver, sopre o vento que soprar, estarei firme e manterei vocês comigo. Tem uma saudade que não me larga nunca, mas tem um amor maior que o mundo. E o tripé mais lindo do mundo, feito do sentimento mais lindo do mundo, a amizade, e a certeza de que não estamos sozinhos nesse mundo.

4 comentários:

Luiza disse...

como sempre, amável *-*
tuas palavras são tão adoráveis, trazem tanta alegria e esperança de um mundo bom, com pessoas boas, de carinho, amor e felicidade.
um beijo flor, to sempre por aqui, com muito orgulho! *-*

Bells disse...

Ah meu Deus que saudades daqui nic, como sempre o texto tá lindo, tão sincero, cheios de carinho, amor, aqueles sentimento essenciais, parabéns nic, beeeijos :*

Biazynhah disse...

o texto tá lindo.
uma amizade verdadeira é sempre importante, só os amigos de verdade nós dão força, nós equilibram mesmo longe, e os seus são de verdade mesmo.

Sarah Slowaska disse...

A amizade é como um tripé. Balança mas não cai.
Nunca tinha pensado nisso...Foi uma justíssima comparação!

Lindo texto, querida, como sempre!
Um beijo!

poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...