quinta-feira, 18 de março de 2010

É que eu preciso dizer que te amo.

É isso. Leu ali em cima? então, é só isso mesmo.
É mais um dia comum pra mim, mesma rotina, mesmas pessoas. É só que, voltando pra casa, em mais um momento normal, eu deitei minha cabeça na janela do ônibus, deixei a paisagem correr e pensei demais em você. Cheguei em casa cheia de inspirações pra textos bobos, mas na hora H, só me veio a cabeça uma coisa: EU PRECISO DIZER QUE TE AMO. Porque se amor for isso mesmo, EU TE AMO. E se amor não for nada disso, eu não faço ideia do que seja. Há quem diga que a gente deve esperar a vida toda pra ter certeza quando disser que ama, pra não se arrepender depois. Mas eu não concordo. E se a espera não chegar a lugar nenhum? E se amanhã não der tempo? E se você for embora, a minha voz falhar, seu ouvido ensudercer? É hoje que eu te amo. E é hoje que eu te digo. Não importa se você vai embora quando eu terminar de pronunciar. Não importa se amanhã ou depois eu tiver chorando porque você não disse também.
Eu te amo e é suficiente pra mim. Eu te amo porque você me vê, me ouve e existe. Porque ninguém nunca me viu como você, todos olham, mas só você vê. Além da minha pose de durona, além das minhas ironias baratas, além dos meus medos. Você vê o que existe lá dentro. O que até então ninguém nunca havia conseguido enxergar. Eu te amo porque você ouve o que eu tenho a dizer e não se importa se eu falei demais ou calei antes da hora. Eu te amo porque você existe e traz vida à vida que até então não existia muito bem sem esse teu amor. Eu te amo porque você me viu quando era invisível, me enxergou em meio a multidão, encontrou em mim o alguém que você procurava. Eu te amo porque você sabe exatamente o que fazer, o que dizer e como agir quando está comigo. Eu te amo porque posso ser eu mesma, porque aprendi que o teu amor me vê de um jeito que não preciso me esconder ou disfarçar. Eu te amo porque suas palavras são minhas e minhas palavras são todas suas. Eu te amo até mesmo quando a voz faltar. Eu grito, escrevo em fumaça no céu, em neon no painel, tudo pra dizer que eu te amo. Eu te amo porque você entende minha maneira meio torta e sem jeito de demonstrar o amor que tem aqui dentro. Eu vou dizer que te amo por todos os meus dias. Gritando, sussurrando em seu ouvido, escrevendo em letras garrafais, as três palavrinhas mágicas:
EU TE AMO. Agora, depois e depois. Tanto.
EU TE AMO. Meio distante, meio perto, meio neutra. Tanto.
EU TE AMO. Um tanto cega, um tanto exagerada, um tanto contida. Tanto.
Se algum dia não der pra ouvir, ler ou perceber, me avisa.
Eu grito o mais alto que eu puder, pra quem quiser ouvir, que o amor que eu tenho aqui é teu. Pra sempre teu. Pra sempre tua.

11 comentários:

Luiza disse...

"Eu te amo porque você existe e traz vida à vida que até então não existia muito bem sem esse teu amor." Que isso moça? muiiiiiiiiito lindo! você fala tão bem de amor que é como se eu me apaixonasse pelos seus textos!
"Eu grito, escrevo em fumaça no céu, em neon no painel, tudo pra dizer que"...ficou m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o!
deu uma imensa vontade de sair correndo por ai só pra dizer que o amo.
não mude nunca sua forma de escrever, é tão linda e encantadora, seus começos, seus meios, seus fins *-*
não cansarei de dizer, parabéns e um beijo!
*farei um livro manual e entregarei pra você. :D

Larissa p. disse...

"Eu te amo até mesmo quando a voz faltar. Eu grito, escrevo em fumaça no céu, em neon no painel, tudo pra dizer que eu te amo." tocou nic. aaaah, você escreve muito bem, da onde sai tanta inspiração assim? me passa um pouco dela velho.. to precisando HSIAHSIAHS... enfim, ta muito bom nic, amei *-* parabéns e continue assim. Faz um livro que eu compro, indico, leio, re-leio, re-endico... (:

''Tay' disse...

Seus textos são tão perfeitos *-*
ameii esse... mt,mt,mt
"Eu grito, escrevo em fumaça no céu, em neon no painel, tudo pra dizer que eu te amo" *-* perfeitoo...

bjus =*

Mandy disse...

'EU TE AMO. Agora, depois e depois. Tanto.
EU TE AMO. Meio distante, meio perto, meio neutra. Tanto.
EU TE AMO. Um tanto cega, um tanto exagerada, um tanto contida. Tanto.'
Achei perfeito. *---* Brincou com as palavras de um jeito muito legal e suave. Adoreei Nick. ♥

(to comentando nos dois anteriores agora viu)

Ju Fuzetto disse...

Nick!!!

Suas palavras tocam profundamente minha alma, que lindos sentimentos!!! O amor faz um bem danado!!!

Obrigada pelo carinho lá no meu cantinho, você é uma fofa, sempre!!

Bom final de semana!
Mil beijocas

salgados disse...

Oi!
Deixei um Big 'LOOK' para você, lá no meu blogue, viu?!

Sarah disse...

Lindo Lindo, texto *_*
É tão bom sentirmo-nos assim, adorei! (:
beijinhos

Little dreamer disse...

Nic, os elogios sao sempre os mesmos.
Nao tenho nem o q falar cara...
Tudo aqui é incrivel.

Gio disse...

Nicole, preciso te confessar, sempre que venho aqui me desmancho (e fico com uma invejinha do seu nome perfeito), você capta sentimentos que nem ao menos se pode sentir muitas vezes. Eu sei que já te disse isso, mas os seus textos, são MUITO inspiradores.

BIG FUNK +5 disse...

Blog muito massa =D
to seguindo segue o meu de volta por favor? http://bigfunkmais5.blogspot.com

Agradeço desde já *-*

Anônimo disse...

É hoje que eu te amo. E é hoje que eu te digo. Não importa se você vai embora quando eu terminar de pronunciar. Não importa se amanhã ou depois eu tiver chorando porque você não disse também.
Perfeitooooo,divino,encntador
Se todo uzassem as palavras tão sutis e agradavel como vc.Adolescents gostava, d estudar foi otimo ler!!!GRANDE ESCRITORA...

poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...