sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Um milhão.

Eu passo todos os meus dias lendo um milhão de textos, ouvindo um milhão de músicas, sugando um milhão de palavras que possam me fazer lembrar de você. Eu leio tanto, ouço tanto e lembro tanto que acabo te amando mais que tanto e querendo escrever sobre você só pra deixar regristado o quanto você foi, é e vai ser sempre tudo na minha vida. Só pra mostrar pro mundo todo o quanto eu sou feliz por ter te encontrado, ainda que os desencontros sejam comuns. Eu escrevo tanto sobre você porque tenho medo de te esquecer um dia, tenho medo de que outras pessoas surjam e eu acabe esquecendo o que a gente sentiu um dia. Você não merece isso. Por isso eu escrevo um milhão de palavras pra você. Porque se daqui a trinta anos a gente se perder pelo mundo, ainda vai ter um lugar onde seremos eternos. E é pra onde eu corro toda vez que a vida cisma em pegar pesado, quando eu começo a pensar que você não me merece e o nosso amor nunca existiu, é pras minhas palavras que eu recorro. Pra lembrar que, apesar dos desencontros e sentimentos diferentes e tudo o mais que possa aparecer na nossa frente, ainda é você que eu espero. Ainda é você que faz as pernas tremerem, o coração pular e todas essas coisas que a gente acha que só acontecem nos filmes, até que surge alguém assim como você. Que não tem cavalo branco coisa nenhuma. Que não tem nada do que aquele cara perfeito tem. Que tem uma porção de defeitos, mas tem outra porção de qualidades que compensam todos os defeitos do mundo. Que mesmo com todas as imperfeições é um milhão de vezes melhor do que o cara perfeito. Porque o cara perfeito deixa de ser perfeito se não tiver o seu jeito de andar engraçado, o seu sorriso bobo e a sua mania de rir da vida alheia. O cara perfeito pode ser o que for, mas se não for você é jogar fora toda a perfeição. O cara perfeito vive nos meus sonhos, não nego, mas você é um milhão de vezes melhor do que ele, você é real. E faz todas essas coisas serem reais na minha vida. Eu nem sei como você consegue isso tudo de mim. Ninguém nunca conseguiu isso antes, ninguém nunca chegou tão perto. Ninguém nunca me viu tão eu como você me vê. Ninguém nunca conheceu a nicole que não tem medo de dizer o que sente e que conta tudo o que acontece na vida dela. Ninguém nunca foi tão merecedor quanto você. Todos aqueles outros caras, perfeitos ou não, foram só figurantes na minha história. É seu o papel principal. No meu filme, na minha história, na minha vida. E é seu pra sempre se você não se assustar. Por um milhão de dias, de meses e de anos. Se o mundo acabar hoje ou daqui a um milhão de dias, o papel é seu - e o coração também. Pode ser que um dia eu não saiba mais o que escrever, pode ser que um dia a fonte de inspiração mude, pode ser que tudo, pode ser que nada. O papel principal é teu. Por um milhão de anos.
Porque todas as vezes em que eu não sei mais o que sentir por você, eu começo a fazer textos como esse na minha cabeça e a lembrar que o que eu sinto é amor mesmo. Daquele tipo verdadeiro que a gente passa a vida toda procurando sentir.
E quando estou prestes a terminar esse texto, percebo que estou com a terrível mania de terminar textos escrevendo que te amo.
Então é isso, eu te amo.
Um milhão de vezes.
Eu te amo, eu te amo, eu te amo...

12 comentários:

Biazynhah disse...

Muito lindo,fofo.
Esse amor de vocês é lindo viu.
bjão,parabéns pelo texto.

Danii Ferreira disse...

Sei bem o que é TUDO isso o que você sente.
Não importa o que aconteça, o amor não muda, você ama sempre e sempre.
A diferença, no meu caso, é que eu não sou visível ://
Mas a meo, o texto é lindo, e a melhor coisa mesmo sempre foi dizer eo te amo, e de verdade, pra ele *-*
E quando a gente começa mesmo a lembrar e a escrever, a gente percebe que o sentimento continua o mesmo como no começo, apesar de tudo :D

Páah disse...

"O sentimento nunca mudará!" =]

Você escreve muuuito beem ! consegue colocar seus sentimentos no papel, diferentemente de mim :/ shaushushua
gostei muito do seu blog *--*
seguindo você :DD'

Luiza disse...

um milhão de vezes que ficou lindo *-*
é bom aproveitar e escrever tudo que se quer falar nesse momento. concordo que depois você vai ler aqui e terá a eternidade do amor aos seus olhos. :D
beijos

Milena' disse...

Aaaai, o amor... Há muito mais de um milhão de coisas aí fora pra falar sobre ele. Mas falar não é sentir, né? Bom mesmo é quando falar é só pra dar corpo ao sentimento.
:*

Nat ♥ disse...

Ah, que lindo! Meus olhinhos brilharam lendo! haha

dianaBruna disse...

Que seja de amor-amor, sempre e eternamente.
=*

Larissa p. disse...

meu deus, que lindo, eu fico encantada com os seus textos. amei *-* um milhão de vezes, amei...

Little dreamer disse...

FOFISSSIMO *-*
cantinho tao aconchegante esse aqui... ♥

Gio disse...

Um milhão de vezes eu vou te agradecer, por me dar tanta inspiração, será que algum dia alguém irá me dar mais inspiração que você? Acho dificil haha.

Flavia C. disse...

Nic, precisava comentar aqui (: Os seus últimos quatro textos mexeram muito comigo. Sei lá, precisei para pra pensar em tantas coisas, precisei raciocinar e realmente pensar se tudo o que eu estava fazendo valia a pena. Você também me descreve, me define entre meus inúmeros contextos e eu adoro saber que quando faltar o que dizer, é aqui que vou encontrar conforto.
Amo tudo o que você escreve.

Beijos, E EU SOU SUA FÃ, tenha certeza.

Mandy disse...

Nicole, tem selinho pra ti no meu blog *-* E depois eu volto aqui pra ler o seu texto.
Beijos
Mandy

poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...