domingo, 20 de dezembro de 2009

Eu queria te dizer que.


Eu te amo. É isso, eu queria te dizer feito um segredo bonito: amo mesmo. Amo mesmo, como nunca havia amado antes. Só tô desistindo, me despedindo desse sentimento porque, apesar de doer admitir, não acredito em nós dois.
Eu nunca gostei de despedidas, você sabe, por isso saí devagar, sem fazer alarde. Arrumei minhas coisas e saí de mansinho, fechei as portas do meu coração e me tranquei ali dentro. Desculpa se foi covardia demais, eu só quis te proteger de uma possível dor quando eu avisasse que ia embora, quem sabe assim, aos pouquinhos, você vá se acostumando com a minha falta. Hoje eu tô indo embora disso tudo, mas eu sei que, de alguma forma, eu sempre vou estar aqui, ali ou acolá pra você. Eu sempre vou desejar o melhor pra ti, seja comigo ou com seja lá quem for. Te ver feliz vai ser sempre a minha prioridade. De um jeito bom, você foi a coisa mais bonita que me aconteceu. O meu melhor sorriso foi quando eu estive contigo. O meu melhor abraço foi o seu. O meu melhor (e maior) amor foi por você. E a minha melhor dor é ter que ir embora. Eu digo melhor porque é como se eu merecesse sofrer mesmo por não ter me agarrado àquelas oportunidades que eu tive pra te mostrar o quanto a gente merecia estar junto. Essa dor é meu prêmio por não ter aproveitado o dia em que você disse que preferia a mim a qualquer outra amiga minha pra dizer que eu preferia você a qualquer outro cara no mundo. Mas eu não disse. Na verdade, eu nunca disse nada, eu sempre tive medo. Eu sempre preferi ficar calada a dizer tudo o que eu sentia e acabar com esse elo misterioso que sempre nos uniu. Você não queria defeitos? então. Estão todos pulando na sua frente: covarde, medrosa, insegura, romântica insuportável. Não se parece em nada com aquela garota super segura que você conheceu um dia, certo? Desculpa se eu te decepcionei, mas é que você chegou a lugares fundos e a consequência é essa: conhecer os mistérios que as pessoas escondem naqueles lugares onde pouca gente consegue chegar.
Eu só queria que você não tivesse se assustado. Não tivesse tido medo de virar só mais um texto meu, de não ser nada além de mais uma fonte de inspiração. Você não sabe, mas eu só transformo em texto aquelas coisas que por algum motivo precisam ser eternas. Você não soube porque estava ocupado demais se assustando com o tamanho do meu coração. Desculpa se eu exagerei no sentimento.  
Sabe, com você eu quis tanto que desse certo. Eu quis, com todas as minhas forças, que você fosse o cara que o coração daria um pulo ao me ver e que se espremesse quando eu fosse embora. Eu quis tanto que você fosse tudo o que eu sonhava pra você. Eu quis tanto ser aquela pra quem você corre em qualquer situação. Eu quis, de uma maneira absurda, que eu fosse aquela que você apresenta pros seus amigos e diz: "É ela" e eles imediatamente entendem que você quis dizer: "É ela. A garota que eu escolhi no meio de toda essa gente. É ela que eu quero ter do meu lado". Eu quis tanto ser escolhida por você. Mas eu acho que me perdi nas tentativas.
Então eu vou embora pra deixar o teu caminho livre. Dói em lugares que eu nem sabia que eu tinha. Exige de mim uma força que eu jamais pensei que coubesse em mim. É mais que difícil saber que se eu me arrepender, como eu já fiz várias vezes, pode ser que você não esteja mais de braços estendidos pra mim. É insuportável pensar numa vida sem você. Mas eu cansei de não arriscar, eu prefiro correr riscos e falar de uma vez o que eu sinto. E eu sinto uma dor avassaladora por ter que deixar a melhor coisa do mundo. Então, é isso.
Tô indo embora dessa bagunça que era sentir essa mistura de sentimentos. Tô indo embora de uma vida que girava em torno de você. Tô me despedindo de um sentimento que me dominava todos os dias. Só não pense que eu tô me despedindo de você. Não. Não, ouviu? Eu quero permanecer pra sempre nas tuas memórias, no teu coração e na tua vida. Você ainda me aceita como amiga, certo? Eu sei, essa história de "ainda podemos ser amigos" é tão clichê e é tão não cumprida. Mas no meu caso é verdade, juro. Eu vou fazer acontecer. Eu vou estar sempre aqui. Não mais como alguém que espera o teu amor por inteiro, mas estarei aqui como mais uma de suas amigas, mais uma daquelas que disputam sua atenção, dão risada das suas piadas e se contentam com migalhas de você. Só porque depois de fazerem tudo isso, a vida delas continua. Só porque você não é a pessoa que elas mais amam no mundo. E, principalmente, porque elas sabem separar as coisas. Meu sonho sempre foi ser uma dessas garotas grandes, fortes o suficiente pra não se deixarem levar pelo coração. Agora parece que eu vou conseguir, graças a você. 
Enfim, eu te amo. Mais do que antes. Mais do que nunca. Não esquece de mim, enquanto eu não esqueço de você. Pode me tratar como mais uma, eu mereço. Mas me trata como aquela uma que conseguiu, ao menos uma vez, fazer com que você sentisse algo perto da felicidade e muito, muito perto do amor de verdade.
Tchau, maior amor do mundo.
Olá, querido mais um ser humano do planeta.

"A minha vida continua,
Mas é certo que eu seria sempre sua.
Quem pode entender?
Depois de você,
Os outros são os outros.
E só."

13 comentários:

Gio disse...

o melhor texto de todos. Eu morro com os seus textos, e por um dia você não escreve uma carta como se o menino respondesse, não sei. Eu estou louca para ver a continuação sabe? A continuação desse amor.

Bells disse...

Eu te amo. Jamais duvide ou questione. Amo mesmo, como nunca havia amado antes.
Só tô desistindo, me despedindo desse sentimento porque, apesar de doer admitir, não acredito mais em alguma coisa entre nós. Eu nunca gostei de despedidas, você sabe, por isso saí devagar, sem fazer alarde. Arrumei minhas coisas e saí de mansinho, fechei as portas do meu coração e me tranquei ali dentro. Desculpa se foi covardia demais, eu só quis te proteger de uma possível dor quando eu avisasse que ia embora, quem sabe assim, aos pouquinhos, você vá se acostumando com a minha falta.. você não faz ideia o quanto doeu ler o começo do seu texto, porque é tudo que aocntece comigo, tudo e ainda mais, naõ sei como você consegue escrever assim, beeijos

Hosana Lemos disse...

também dei tcahu, eu também disse adeus.
com dor no peito e coração na mão!
foi melhor assim, pelo menos eu espero que tenha sido!
tudo vai se ajeitar..semrpe se ajeita.
;)

beijos

Little dreamer disse...

Acho que você toca a todos os coraçoes, angustiados, e tao machucados por amar.

''Tay' disse...

Que texto perfeitooo *-*

Flavia C. disse...

"Enfim, eu te amo. Mais do que antes. Mais do que nunca. Não esquece de mim, enquanto eu não esqueço de você. Pode me tratar como mais uma, eu mereço. Mas me trata como aquela uma que conseguiu, ao menos uma vez, fazer com que você sentisse algo perto da felicidade e muito, muito perto do amor de verdade.
Tchau, maior amor do mundo.
Olá, querido mais um ser humano do planeta."

o texto é maravilhoso!
acho um encanto, adoreeeeeei!

Bárbara Farias disse...

Oiiiê, adorei seu blog.. Muito fofo.
TOu seguindo. Bjs.
www.barbarafarias.blogspot.com

Adrielly Soares disse...

" Pra que mentir? Fingir que perdoou, tentar ficar amigos sem rancor. A emoção acabou, que coincidência é o AMOR!"

Me lembrou muito.

O seu texto ficou muito doído e muito gostoso, dói tanto que a gente não consegue parar de ler, nem se quiser. Você escreve muito bem e a história é linda, só que deve doer demais, como todas as boas histórias. É também meio teatral e daá pra te imaginar escrevendo e chorando.
tá lindo o texto.


beijo menine.

~*rafasonehara disse...

apesar do texto ser um pouco grande
vc me conseguiu me prender aqui na frente do pc!!
Niii eu nem pisquei direitoo!!
Que texto perfeito que sentimento sublime!
Fiquei triste por essa historia linda da sua vida não ter tido o final que eu esperava
eu queria vcs 2 juntooooooos!!!!
Beijoooos
:*

Luiza disse...

"depois de você,
Os outros são os outros.
E só."
gostei, só não acho justo as coisas serem assim ><
"isso tudo vai virar inspiração pros meus textos, onde eu vou imaginar aquela porção de coisas que eu desejei pra gente e vou transformá-las em histórias com final feliz pra me servir de consolo. Sabe, com você eu quis tanto que desse certo. Eu quis, com todas as minhas forças, que você fosse o cara que o coração daria um pulo ao me ver e que se espremesse quando eu fosse embora. Eu quis tanto que você fosse tudo o que eu sonhava pra você. Eu quis tanto ser aquela pra quem você corre em qualquer situação. Eu quis, de uma maneira absurda, que eu fosse aquela que você apresenta pros seus amigos e diz: "É ela" e eles imediatamente entendem que você quis dizer: "É ela. A garota que eu escolhi no meio de toda essa gente. É ela que eu quero ter do meu lado". Eu quis tanto ser escolhida por você." perfeito *-*

Raissa disse...

Acho que você toca a todos os coraçoes, angustiados, e tao machucados por amar. /+1

// . cαrolιĭne sousα ॐ disse...

CARALHO , isso fooi foda ;x

Ammmmmmmmmmei , pode ser coincidência ou destino mesmo ... mais hoje eu acordei com esse sentimento de despedida !
Depois de tanto tempo resolvi ser só mais uma amiga pra ele , mesmo querendo ser a mulher da vida dele ... ;x

meu mundo real disse...

Mais uma vez, vc escreve para todas as pessoas que te "seguem"...
Sabe usar as palavras corretas, para dizer tudo o que sente, consegue colocar em palavras o sentimento, a dor de uma desisão..

poderá gostar de:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...